Honrando as árvores: uma palestra de Michael Green

Continuando o assunto da semana passada, hoje mostraremos a palestra de Michael Green, no TED Talks. Ele discorre sobre os motivos de construir mais edifícios de madeira, abrangendo as vantagens do material, do ponto de vista ambiental e econômico.  E não só isso: mostra que devemos honrar a vida da árvore, transformando-a em algo extraordinário.

 

Michael Green possui muitos projetos em seu portfólio, em diferentes locais, usando diversos materiais. Mas segundo ele, a madeira é o que mais o inspira. Principalmente pelas reações dos usuários num ambiente de madeira. Temos que admitir que este material passa uma sensação acolhedora para nós. Por ser um material natural, tem uma energia diferente, uma singularidade, não é mesmo?

Porém, quando pensamos em estrutura de madeira, geralmente, não imaginamos edifícios altos. Por que isso? Talvez porque a maioria realmente possui até quatro andares. Ou por causa das leis de zoneamento de diversos lugares, que limitam o gabarito destas edificações.

Michael Green faz uma comparação muito interessante com a altura das árvores em florestas. Se elas, por si só, conseguem alcançar o equivalente a edifícios de 40 andares, por que não usamos madeira nos nossos arranha-céus?

Com novas tecnologias ligadas à madeira, um novo horizonte se abre! Conseguimos agora mudar a escala das construções, com o aproveitamento de árvores mais jovens. O aumento do uso deste material na construção civil trará importantes benefícios ao meio ambiente: a madeira se desenvolve com energia solar, tem um bom desempenho, tem o poder de sequestrar carbono, consome muito menos energia no seu beneficiamento e a extração controlada não tem impactos negativos no meio ambiente.

Os projetos de Michael Green são a prova “viva” que devemos, sim, utilizar cada vez mais a madeira nos nossos edifícios. A seguir, alguns exemplos para nos inspirar:

 

O primeiro exemplo é o Wood Innovation and Design Centre (WIDC), local de pesquisa e desenvolvimento do uso de madeira na construção. Possui 8 pavimentos, com cerca de trinta metros de altura. (Fonte: Michael Green Architecture).

 

O segundo é o T3 Minneapolis, que merece destaque por ser o primeiro edifício contemporâneo de madeira a ser construído nos Estados Unidos em mais de 100 anos. (Fonte: MGA).
O segundo é o T3 Minneapolis, que merece destaque por ser o primeiro edifício contemporâneo de madeira a ser construído nos Estados Unidos em mais de 100 anos. (Fonte: MGA).

 

Expansão do aeroporto de Prince George. Este projeto mostra como a estrutura de madeira tem o poder de revitalizar espaços e pode ser utilizada em edifícios já existentes, tornando-os mais sustentáveis. (Fonte: MGA).
Expansão do aeroporto de Prince George. Este projeto mostra como a estrutura de madeira tem o poder de revitalizar espaços e pode ser utilizada em edifícios já existentes, tornando-os mais sustentáveis. (Fonte: MGA).

 


Já segue a gente no Instagram? Durante a semana, mostraremos outros projetos do Michael Green lá!


 

Fontes:

MGATED Talks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *