Suas bancadas também podem ser sustentáveis

Já apresentamos alternativas sustentáveis para paredes e pisos. Mas não paramos por aí… Existe no mercado materiais sustentáveis para suas bancadas da cozinha, banheiros ou afins. Apesar destes materiais não serem comuns no mercado brasileiro, escolhemos hoje cinco exemplos para deixar seus “eco-olhinhos” brilhando.

 

Durapalm:

Material feito na totalidade de coqueiros não produtivos, possui resistência superior a da madeira carvalho. O preço é, em média, US$250,00/m2.

 

Bancadas de Durapalm. (Fonte: Sunset).
Durapalm. (Fonte: Sunset).

 

EcoTop:

Material feito de fibras de bambu e de madeira, papel reciclado e resina a base d’água. Apesar de ser composto por papel reciclado, possui diversas cores claras e tons escuros mais estáveis, que não desbotam com facilidade. Devido a resina transparente, possui uma boa durabilidade, pouca porosidade, e é resistente a manchas e riscos. Se comparado com os outros exemplos de hoje, o EcoTop tem um custo bem inferior, cerca de US$ 390,00/m2.

 

Bancadas Ecotop. (Fonte: Remodelista).
Ecotop. (Fonte: Remodelista).

 

Fuez:

Feito com vidro reciclado, pedras, conchas e cinzas volantes, o material apresenta maior durabilidade que o mármore. Além de utilizar cerca de 70% de materiais reciclados, sua cadeia de produção também adota posturas sustentáveis, com sua indústria alimentada na totalidade por energia eólica. São diversas opções de granulometria e cores, dependendo das características dos componentes. Preço médio de US$ 890,00/m2.

 

Bancadas de Fuez. (Fonte: Houzz).
Bancada feita com Fuez. (Fonte: Houzz).

 

IceStone:

Composto de 70% de vidro reciclado, cimento Portland e pigmentos não-tóxicos, sem COV’s. Possui uma grande gama de cores, desde as mais neutras até as mais ousadas. A principal característica desta bancada é sua resistência a manchas e ao calor.

 

Bancadas de IceStone. (Fonte: IceStone).
Bancada de lavatório feito com IceStone. (Fonte: IceStone).

 

Squak Mountain Stone:

É um material de fibro-cimento, composto por papel e vidro reciclados e cimento de baixo carbono, que foi criado para substituir bancadas de pedras naturais. Os tampos são moldados in loco e ficam com um aspecto de pedra sabão ou calcário. Sua resistência se assemelha a do mármore, por isso, deve-se tomar cuidados extras contra riscos. Caso ocorram de forma leve, o material pode ser polido e recuperado. Há 6 opções de cores diferentes, entre tons de cinza, bege, marrom e verde. Custo de US$ 550,00/m2.

 

Bancadas com Squak Mountain Stone. (Fonte: Sunset).
Um exemplo de bancada com Squak Mountain Stone. (Fonte: Sunset).

 

 

 

 

Fontes:

Apartment TherapyHouzzIceStoneKlipTechPlybooRemodelistaSquak Mountain StoneSunset

 

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *