Dicas sustentáveis por Eco Arquitetos #3: transformação

A dica dos Eco-Arquitetos de hoje vem de dois profissionais que aproveitaram casas existentes como ponto de partida para construções mais sustentáveis. O fato de aproveitar o existente segue o impetativo ecológico de diminuir as construções e evitar demolições, gerando menos resíduos. O poder de transformação de imóveis é possível devido a análises claras da eficiência dessas residências e às novas tecnologias adicionadas. Vamos lá para os dois exemplos:

 

Casa 0, por Andrea Tognon Architecture:

 

Casa 0, reforma, transformação e ampliação de Andrea Tognon. (Fonte: Andrea Tognon Architecture).
Casa 0, reforma e ampliação de Andrea Tognon. (Fonte: Andrea Tognon Architecture).

 

A antiga residência em Teolo, Itália, construída nos anos 1970, seguia os padrões da arquitetura vernacular da zona rural do Vêneto, de uma forma nada natural. A planta era em “L” e a cobertura, uma laje inclinada com beirais sem boas proporções.

O arquiteto então, resolveu adicionar um volume neste vazio, deixando a planta retangular, e substituir a cobertura para uma sem beirais, deixando o desenho da construção mais harmonioso.

Modificações no layout interior também fizeram parte da renovação. Todas as paredes e cobertura receberam nova insulação, com painéis Styrodur. Este tipo de material reduz as pegadas de Carbono, devido a composição de sua espuma. Com o novo isolamento térmico e o cuidado com a eficiência das esquadrias, criou-se um ambiente mais estanque e, consequentemente, há menor necessidade de aquecimento . A nova superfície envidraçada que se estende pelos dois pavimentos, orientada para o Sul, ajuda na entrada de luz natural e no aquecimento passivo. Além disso, o novo sistema de aquecimento escolhido utiliza energia solar.

 

A grande abertura ajuda na iluminação natural e no aquecimento passivo. (Fonte: Andrea Tognon Architecture).

 

Casa Mash, por Andrew Maynard Architects Pty Ltd:

 

Anexos: transformação para um projeto mais sustentável. (Fonte: Architecture AU).
Anexos transformaram esta casa em um projeto mais sustentável. (Fonte: Architecture AU).

 

A casa era de estilo Vitoriano, em Melbourne, Austrália, com vários problemas, inclusive mal iluminada.

Assim, os arquitetos criaram volumes de madeira e vidro no perímetro da residência. As grandes aberturas ficaram orientadas para o Norte, aproveitando a face nobre. As lajes destes volumes se transformam em varandas no andar superior.

A eficiência do projeto vem passivamente, através da correta implantação, juntamente com um bom isolamento, grandes aberturas com vidro duplo e aquecimento de piso. O conceito desta transformação gira em torno do aproveitamento dos espaços ao ar livre, como explicamos na Dica de Eco-Arquitetos 2.

 

As áreas externas convidam para atividades ao ar livre, enquanto as novas internas mantêm o vínculo com o exterior. (Fonte: Architecture AU).

 

Fontes:

Andrea Tognon ArchitectureArchdailyArchitecture AUDezeenPlataforma Arquitectura – Livro 1000 Tips by 100 Eco Architects

 

Andrew Maynard Architects Pty Ltd

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *