Containers: de caixas metálicas a arquitetura

Transformar antigos containers em casa, escritório, restaurante… Muitos arquitetos já assumiram este desafio e obtiveram êxito, como veremos no post de hoje.

 

containers-pixabay
(Fonte: Unsplash).

 

Os containers foram criados na década de 1950, para transporte de carga. São estruturas extremamente resistentes, capazes de serem expostas a climas rigorosos, maresia, cargas, deslocamentos, etc. Segundo o portal The Geography of Transport Systems, o ciclo de vida de um container varia entre 10 a 15 anos em média, dependendo do seu uso e, em cerca de 56% deste tempo, o container fica ocioso.

 

Uso dos containers durante seu uso para carga. (Fonte: dados retirados do The Geography of Transport Systems)
Container durante seu uso para carga. (Fonte: dados retirados do The Geography of Transport Systems).

 

E o que acontece depois? Uma das alternativas para evitar estruturas obsoletas nos portos é usá-las na construção civil. As vantagens são inúmeras: a fundação é simples, flexibilidade de projeto, redução no uso de recursos naturais, custo e tempo de execução muito inferiores se comparados às construções convencionais.

Os containers têm dimensões padrão, o que facilita muito sua transformação. Como módulos, podem ser dispostos das mais variadas formas, de acordo com a necessidade do projeto.

 

dimensoes-container
(Fonte: dados retirados de Free Cycle USA).

 

Sua resistência permite o empilhamento de até 12 estruturas vazias, com encaixe perfeito. Porém, temos que ter em mente que ao criar aberturas, enfraquecemos a peça como um todo. Por isso, nunca dispense uma verificação estrutural com um profissional. Lateralmente, os containers podem ser unidos facilmente, com recortes. Estes recortes exigem mão de obra especializada e são geralmente executados fora do local de construção.

Além disso, para chamar um container de lar, a caixa metálica passa por diversas modificações. A primeira delas é obter certificados de habitabilidade: o container deve estar totalmente descontaminado para ser utilizado na construção civil. Em seguida, é feita a recuperação, com limpeza, funilaria, serralheria e pintura. Por fim, deve-se garantir o isolamento térmico e acústico, tanto nas paredes como no teto. Como o metal é um bom condutor térmico, é muito importante projetar de acordo com o clima local e planejar a ventilação natural, para não depender do ar-condicionado.

 

Etapas de uma obra com containers:

 

Containers etapas de obra
(Fonte: Imagens de Residential Shipping Container Primer)

 

Exemplos de construções com containers:

 

Wahaca Mexican Restaurant
Oito containers formam o restaurante itinerário Wahaca Mexican Restaurant, em Londres. (Fonte: Minha Casa Container).

 

Old Lady House
Com seis containers de 40 pés cada, o arquiteto Adam Kalkin projetou duas residências de 180 m2, a Old Lady House. (Fonte: Container SA).

 

shipping-container-guest-house-by-poteet-architects
Casa de Hóspedes, projetada por Poteet Architects. (Fonte: Hi Consumption).

 

container-studio-maziar-behrooz-architecture
A solução de containers para o studio de 65m2, anexo a residência da artista plástica, foi prática e rápida. Projeto por: Maziar Behrooz Architecture. (Fonte: Archdaily).

 


Siga nossas redes sociais para receber os posts sobre o tema da semana Construções com Containers. Tem algum projeto que acha interessante? Marque nosso Instagram @greentopiabr ou use a hashtag #greentopiabr.


 

Links Complementares:

Para saber mais sobre a estrutura e conexões dos containers.

 

Fontes:

AEC WebArchdailyBeachCo Free Cycle USAMinha Casa ContainerHi ConsumptionResidencial Shipping Container PrimerThe Geography of Transport SystemsUnsplashWorld Maritime News

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *